quinta-feira, 29 de julho de 2010

Chapeuzinho Rosa agita empresários com café da manhã!

video


Foi uma animação só... O Café da manhã chamado de Reunião Volta Rosinha foi de uma empolgação contagiante.
A foto do nosso amigo SHECK mostra claramente como vibravam os apoiadores da nossa prefeita.
OBS: eles não estavam dormindo... estavam ORANDO pela volta da governante.
Vibra povo, Rosinha já esta chegando...

AH a musica que toca, estava mais animada que a reunião...
foi o que de melhor consegui arranjar para ilustrar a ilustre confraternização

quarta-feira, 28 de julho de 2010

braZil por Jabour

-Brasileiro é um povo solidário. Mentira. Brasileiro é babaca.
Eleger para o cargo mais importante do Estado um sujeito que não tem escolaridade e preparo nem para ser gari, só porque
tem uma história de vida sofrida;
Pagar 40% de sua renda em tributos e ainda dar esmola para pobre na rua ao invés de cobrar do governo uma solução para pobreza;
Aceitar que ONG's de direitos humanos fiquem dando pitaco na forma como tratamos nossa criminalidade. ...
Não protestar cada vez que o governo compra colchões para presidiários que queimaram os deles de propósito, não é coisa de gente solidária.
É coisa de gente otária.
- Brasileiro é um povo alegre. Mentira. Brasileiro é bobalhão.

Fazer piadinha com as imundices que acompanhamos todo dia é o mesmo que tomar bofetada na cara e dar risada.
Depois de um massacre que durou quatro dias em São Paulo, ouvir o José Simão fazer piadinha a respeito e achar graça, é o mesmo que contar piada no enterro do pai.
Brasileiro tem um sério problema.
Quando surge um escândalo, ao invés de protestar e tomar providências como cidadão, ri feito bobo.

- Brasileiro é um povo trabalhador. Mentira.

Brasileiro é vagabundo por excelência.
O brasileiro tenta se enganar, fingindo que os políticos que ocupam cargos públicos no país, surgiram de Marte e pousaram em seus cargos, quando na verdade, são oriundos do povo..
O brasileiro, ao mesmo tempo em que fica indignado ao ver um deputado receber 20 mil por mês, para trabalhar 3 dias e
coçar o saco o resto da semana, também sente inveja e sabe lá no fundo que se estivesse no lugar dele faria o mesmo..
Um povo que se conforma em receber uma esmola do governo de 90 reais mensais para não fazer nada e não aproveita isso para alavancar sua vida (realidade da brutal maioria dos beneficiários do bolsa família) não pode ser adjetivado de outra coisa que não de vagabundo.
- Brasileiro é um povo honesto. Mentira.

Já foi; hoje é uma qualidade em baixa.
Se você oferecer 50 Euros a um policial europeu para ele não te autuar, provavelmente irá preso.
Não por medo de ser pego, mas porque ele sabe ser errado aceitar propinas.
O brasileiro, ao mesmo tempo em que fica indignado com o mensalão, pensa intimamente o que faria se arrumasse uma boquinha dessas, quando na realidade isso sequer deveria passar por sua cabeça.


- 90% de quem vive na favela é gente honesta e trabalhadora. Mentira.

Já foi.
Historicamente, as favelas se iniciaram nos morros cariocas quando os negros e mulatos retornando da
Guerra do Paraguai ali se instalaram.
Naquela época quem morava lá era gente honesta, que não tinha outra alternativa e não concordava com o crime.
Hoje a realidade é diferente.
Muito pai de família sonha que o filho seja aceito como 'aviãozinho' do tráfico para ganhar uma grana legal.
Se a maioria da favela fosse honesta, já teriam existido condições de se tocar os bandidos de lá para fora, porque podem
matar 2 ou 3 mas não milhares de pessoas.
Além disso, cooperariam com a polícia na identificação de criminosos, inibindo-os de montar suas bases de operação nas favelas.

- O Brasil é um pais democrático. Mentira.

Num país democrático a vontade da maioria é Lei.
A maioria do povo acha que bandido bom é bandido morto, mas sucumbe a uma minoria barulhenta que se apressa em dizer que um bandido que foi morto numa troca de tiros, foi executado friamente.
Num país onde todos têm direitos mas ninguém tem obrigações, não existe democracia e sim, anarquia.
Num país em que a maioria sucumbe bovinamente ante uma minoria barulhenta, não existe democracia, mas um simulacro hipócrita.
Se tirarmos o pano do politicamente correto, veremos que vivemos numa sociedade feudal: um rei que detém o poder central (presidente e suas MPs), seguido de duques, condes, arquiduques e senhores feudais (ministros, senadores, deputados, prefeitos, vereadores).
Todos sustentados pelo povo que paga tributos que têm como único fim, o pagamento dos privilégios do poder. E ainda somos obrigados a votar.

Democracia isso? Pense !

O famoso jeitinho brasileiro.
Na minha opinião, um dos maiores responsáveis pelo caos que se tornou a política brasileira.
Brasileiro se acha malandro, muito esperto.
Faz um 'gato' puxando a TV a cabo do vizinho e acha que está botando pra quebrar.
No outro dia o caixa da padaria erra no troco e devolve 6 reais a mais, caramba, silenciosamente ele sai de lá com a felicidade de ter ganhado na loto... malandrões, esquecem que pagam a maior taxa de juros do planeta e o retorno é zero. Zero saúde, zero emprego, zero educação, mas e daí?
Afinal somos penta campeões do mundo né?? ?
Grande coisa...

O Brasil é o país do futuro. Caramba , meu avô dizia isso em 1950. Muitas vezes cheguei a imaginar em como seria a indignação e revolta dos meus avôs se ainda estivessem vivos.
Dessa vergonha eles se safaram...
Brasil, o país do futuro !?
Hoje o futuro chegou e tivemos uma das piores taxas de crescimento do mundo.

Deus é brasileiro.
Puxa, essa eu não vou nem comentar...

O que me deixa mais triste e inconformado é ver todos os dias nos jornais a manchete da vitória do governo mais sujo já visto em toda a história brasileira.
Para finalizar tiro minha conclusão:
O brasileiro merece! Como diz o ditado popular, é igual mulher de malandro, gosta de apanhar. Se você não é como o exemplo de brasileiro citado nesse e-mail, meus sentimentos amigo, continue fazendo sua parte, e que um dia pessoas de bem assumam o controle do país novamente.
Aí sim, teremos todas as chances de ser a maior potência do planeta.
Afinal aqui não tem terremoto, tsunami nem furacão.
Temos petróleo, álcool, bio-diesel, e sem dúvida nenhuma o mais importante: Água doce!

Só falta boa vontade, será que é tão difícil assim?


Arnaldo Jabor

terça-feira, 27 de julho de 2010

Repórter Esso! Ultimo Herói



Faleceu o um dos ultimos repórter do antigo Repórter Esso

terça-feira, 13 de julho de 2010

Comício com tradução surdo mudo

video

Estive em Moçambique e tive a oportunidade de ver e gravar um comício político
Quem sabe o moda não pega por aqui?

Até a Vitória

domingo, 11 de julho de 2010

EIS PANHA tudo de bom

Eis panha bicicreta, chicrete azul crarim, eis panha tudo que parece
Inté a copa du mundo
quero vê em 2014, nois é mais isperto que eis.

Parabéns Espanha, Campeã do Mundo 2010

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Nahim o ABEL de Campos RJ


1 DÁ ouvidos às minhas palavras, ó SENHOR, atende à minha meditação.

2 Atende à voz do meu clamor, Rei meu e Deus meu, pois a ti orarei.

3 Pela manhã ouvirás a minha voz, ó SENHOR; pela manhã apresentarei a ti a minha oração, e vigiarei.

4 Porque tu não és um Deus que tenha prazer na iniqüidade, nem contigo habitará o mal.

5 Os loucos não pararão à tua vista; odeias a todos os que praticam a maldade.

6 Destruirás aqueles que falam a mentira; o SENHOR aborrecerá o homem sanguinário e fraudulento.

7 Porém eu entrarei em tua casa pela grandeza da tua benignidade; e em teu temor me inclinarei para o teu santo templo.

8 SENHOR, guia-me na tua justiça, por causa dos meus inimigos; endireita diante de mim o teu caminho.

9 Porque não há retidão na boca deles; as suas entranhas são verdadeiras maldades, a sua garganta é um sepulcro aberto; lisonjeiam com a sua língua.

10 Declara-os culpados, ó Deus; caiam por seus próprios conselhos; lança-os fora por causa da multidão de suas transgressões, pois se rebelaram contra ti.

11 Porém alegrem-se todos os que confiam em ti; exultem eternamente, porquanto tu os defendes; e em ti se gloriem os que amam o teu nome.

12 Pois tu, SENHOR, abençoarás ao justo; circundá-lo-ás da tua benevolência como de um escudo


A Humildade é marca presente.

Acho Graça, Garotinho alerta-lo contra traição.

Arnado prefeito de Campos, convenção do PSB no Rio Centro, Nahim pré candidato a Deputado Estadual, tem sua vaga surrupiada pelo seu irmão, favorecendo Paulo Mafra ( período em que Ilsan disputaria como Dep Federal. Início do conflito Arnaldo x Garotinho)

Eleições em Campos, Nahim candidato, mais uma vez Caim Garotinho o apunhala e da a vez para Geraldo Pudim.

Novamente eleições em Campos, Nahim é mais uma vez pré candidato e numa virada de mesa, Caim Garotinho o trái mais uma vez, candidata Rosinha.

Já morto em suas aspirações políticas por traição diversas vezes, Nahim é agora alertado por Caim de que mais uma vez ficará na pista da história política.

Sorte meu amigo, você vai precisar e muito, pois seu tempo é curto dado ao irmão que tem.

Aqui é assim

No Espirito Santo é assim.
Tem prefeitura que contrata pra cortar a cabeça. E paga bem. ( Aqui)

domingo, 4 de julho de 2010

La liberté d'expression est à l'intérieur toujours discutable

Commentant sur un blog de la région, "Tourner la rivière", a reçu un traitement égal à toutes les autres observations précédemment affichée.
N'ayant jamais accepté la dictature impérialiste licol imposées par le journal en ville, mon commentaire est plus de quatre jours rétro-éclairage en attente de modération.
Vous n'avez pas besoin de mes amis, je publie ici une impression d'écran.
Mon poste, faire mention d'un candidat pour lequel j'ai été embauchée pour faire sa campagne politique et qui me doit depuis 2008. Candidats qui ait jamais joué le verbe imposées par le journal.
les amis de la liberté, même dans l'esprit. Toujours.

sábado, 3 de julho de 2010

Utopia do riso

Meu lado sarcástico e irônico me fez, por várias vezes, não ser levado a sério em meus devaneios políticos.
Sempre adorei ver a cara dos ‘pseudo intelectuais’ ou cientistas políticos suburbanos e de botequim em suas conjecturas filosóficas no resolver as questões do mundo.
Queridos amigos, vasculhem seus sacos de farinha e vejam que de nada difere a nossa da deles.
Todo discurso de oposição embasado, ou não, em fatos de nada servirá se não colocarmos nossa cara a tapa.
A oposição em Campos ainda está em formação, mas é fraca para enfrentar os galanteios das cestas básicas, notas de 50 reais ou empregos de baixo salário disfarçados em siglas como TAC e outras.
Não existe em Campos, nos partidos de expressão, um nome com representatividade política capaz de fazer diferente do que está aí escrito.
Na grande maioria, somos movidos pelos interesses pessoais, seduzidos pelo glamour dos cargos a nós oferecidos.
Perdeu-se, há muito, a ideologia socialista, o comunismo de essência, a luta pela melhoria de uma sociedade, luta de classe.
Um ou outro sindicalista ainda preserva o discurso pleno de ideais.
É triste ver Campos arder em falsas chamas numa tentativa ilusionista de transformar a ineficiência administrativa em algo de grandes feitos.
Cada cidadão antes de reclamar, criticar, tem a obrigação de ter engajamento político, de expor suas ideias, de lutar por justiça social até, se possível for, se candidatar.
Hoje, somos prisioneiros de nossa própria incompetência.
Quem nos assalta é aquela criança que teve a merenda sucateada, aquela criança que não teve a educação correta porque passava fome, teve um professor sem segurança, mal pago, mal equipado.
Quem hoje invade a nossa casa é o filho daquela senhora que morreu por falta de atendimento decente em um posto de saúde porque o motorista foi namorar com o carro.
Porque faltou medicamento.
Ou nos unimos em um bloco de oposição ideológica coerente ou veremos mais um prefeito ser cassado nessa cidade.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Republicando - Virgulino


No corre-corre da volante, patrulha cheia de “macacos”, se cortava o semi-árido no solado da chinela feito do couro de uma jegue mal-parida, chamada Tertuliana.

Corisco, ou Diabo Loiro, foi quem numa aparteada roubou de Zé Neném - o sapateiro dono da jumenta que fez a chinela de Virgulino - Maria Déa, mais conhecida como Maria Bonita.

Moço, no meio desse descombinado, Virgulino - cabra muito do macho - pagou dois conte de réis a Corisco pra ficar com a prenda, mas só por respeito à empreitada do amigo, pois se quisesse tomava de pronto, a muié do sapatero.

Se alguém se sentisse macho o suficiente para chegar bem de perto para contar, diria que no bando de Virgulino, tinha pra mais de cem cara, dos bicho marvado. Os bão, Virgulino cortava os bago e dava de comer pros porco e se a criação num comesse, aí o cabra morria sem direito nem a flô. Virgulino ria e dizia, ‘bago de frouxo nem porco come, antão mata logo pra num poluí o sertão’.

Desde aquele tempo Virgulino já tinha consciência ecológica desenvolvida.

Virgulino, certa feita, depois de matar 23 macacos de uma volante, já tarde da noite parou pra descansar e avistou Corisco ciscando que nem galinha choca no terreiro e gritou: “Tá com Gôgo capeta, que tanto ocê cisca nesse terreiro?”

“Perdi o cigarro general”, respondeu Corisco.

Virgulino - cumpadre velho de Corisco - sacou do papo amarelo e começou a atirar nas estrelas. Foi tanto do tiro, que o cano da cutia acedeu que nem fogueira.

Corisco em dois ‘sarto’ achou na clareza dos tiro a guimba que tinha perdido.

O povo que tava ao redor, começou a rir da feita do general, que começou a chamá-lo de lampião. “Quando num tem fogo nóis faz, nem que seja no tiro”, se gabava Virgulino.

Nas andança , cortando a aridez do sertão onde da sombra do mandacaru se buscava a força, nosso herói bandido, já tinha sido destaque do New York Times. Famoso lampião e seu time vencia de muito as disputas peladeiras que travavam com a volante. Entre espinhos e tiros, Corisco arrumou um amor: Dadá.

Virgulino, esse maravilhoso serial killer - assim como Lucas da Feira, que em 1807 veio a Rio para conhecer Don Pedro II - tinha um sonho: tomar banho em Lagoa de Cima, no desemboque do rio Urubu.

Dizem as más línguas que Salem Rod - depois de pedir a Dib´s R$1,00 do tradicional cafezinho - enviou a prefeitura de Triunfo, no interior de Pernambuco, um convite solicitando ao General Virgulino e seu bando, apoio logístico no embate que travaria contra a cachorra de Guarus.

Leio trecho de carta: “ Ilustríssimo General Virgulino. Sabedouro de suas feitas na limpeza dos ares sertanejos, mui respeitosamente, vimos pedir um apoio estratégico nessa batalha campal que travaremos contra os malfeitores e políticos de meias patacas, que atormentam o sono de nossos concidadãos .

Dizem, caro general, que na curva do meu rio, habita um jacaré de papo amarelo chamado Urural, e que foi esse mesmo jacaré quem comeu a mulher do coronel Ponciano de Azeredo Furtado. O louco do José Cândido de Carvalho ainda hoje acha que foi o Lobisomem. Pobre tolo! Mas Dib´s foi quem fez a foto do Jacaré, lá na curva da lapa, atrás da casa dos garotinhos que são amigos de Zezé Barbosa. Por isso, eu e seu exército acamparemos em Lagoa de Cima, e, ao cair da noite, em canoas atravessaremos a Lagoa Feia, e invadiremos Campos pela Baixada.

Sem mais para o momento, à vitória meu general!”

Te juro, se o General recebeu a carta eu não sei, mas Russo Peixeiro - político famoso lá de Ponta Grossa dos Fidalgos - jura de pé junto que encontrou em uma de suas pescarias, dois punhais e um óculos redondinho, igual aos de Virgulino. Quem confirma é doutor Pedro Nísio, advogado e filho de Russo.

Ah! Vocês acham que eu estou caçoando? Perguntem a Orávio de Campos. Seu Leco de Matinha jurava de pé junto que uma roda de jongo cantada em castelhano por Rafael Sanches - um argentino baiano - tinha visto a Matita Pereira de papo com boitatá, enquanto cortava o tronco pra fazer tambor.

Campos é assim.

Pena que Salem Rod foi viajar e não volta tão cedo... Foi tomar café com broa na casa de Dona Rosa - uma linda mulher que fez vida, com a vida que sempre quis.

Hoje, Patesko, Mundinho, Dona Rosa, Salem Rod, enquanto curtem o café escutam de Lord Broa piadas de carnaval e dão boas gargalhadas de nós.

É de nós. Pois somos nós que estamos com a banana na mão. E, em se correr o bicho pega e ficar o bicho come, dia 5 de outubro tem eleição.

E como não poderia faltar, Senador Iraja mandou um recado por madame Gilda da novela das seis em seu novo Tele-Giz:

“Seja consciente! Respeite as mulheres, idosos e a mãe. Nem que seja a sua.”

Aproveite o dedo e aperte (ops) os números certos, certos, certos, certos piiiiiiiiiiiiiiiii

Confirma.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Você acredita?

Pois é. Um coisa que só o garotinho viu.

"Centenas de moradores acabam de interditar a BR – 101, na altura do Parque Guarús, na pista sentido Espírito Santo, em protesto contra a cassação da prefeita Rosinha Garotinho.

É grande o clima de revolta na cidade, de comoção social e indignação. Em vários outros bairros da cidade também há protesto e a Câmara de Vereadores está neste momento tomada por mais de mil pessoas.

E olha que eu rodei tudo e não vi nada. To ficando cego!!!
O povo não aceita a saída de Rosinha. "

Falando sério!

Dihumor é piada séria.
Eu ja tinha dito, que Garotinho não viria a Governador ( aqui) errei o cargo, tinha dito Senado, mas foi perto (acredito que as pesquisas não lhe deram tanta confiança para arriscar esse vôo) e não é chutometro.
Garotinho é um gênio, isso ninguem pode contestar, só que jogou sozinho esse tempo todo.
Foi traido pelo seu ego. Mostrou e demostrou seus tic´s. Todos aprenderam.
Cartada final, ou vc se cala e fica com um lugar seja na Câmara federal ou Senado, ou estará fora do contexto político por mais 4 anos.
Disse que "consultou a mulher e os filhos" mas pelo visto ele entendeu o recado e jogou a toalha.
A briga agora é ser campeão de votos.
Vamos ver...

Curtinha:
O Rio tem: 11.221.266 eleitores com base em 2008.
87,6 % de votos válidos
Cada Deputado Federal briga por aproximadamente 222.085 votos
Pergunta:
44 vagas, o ultimo record foi do Gabeira com trezentos e poucos mil.
Na região, Garotinho, ajuda a eleger outro candidato ou tira voto?
Paulo Feijó que se cuide, Garotinho vem com força.